As diferenças entre o esporte-fino

e o social completo

 

Por: Marina Pita Foto: Divulgação

Matéria Publicada na Revista do Bom Retiro - Edição 79 - Dezembro 2010


 

No Bom Retiro tem todo tipo de roupa, mas como escolher a melhor opção para determinado evento? Os lojistas da região explicam tudo para você não errar naquele evento importante


Um dia de festa é uma ocasião especial. Estar bem vestido ou vestida é fundamental para poder aproveitar o momento, seja para estar confortável ou para se sentir bem no ambiente. A roupa adequada pode fazer toda a diferença entre arrasar e ficar sentada em um canto. Às vezes, porém, não é tarefa fácil entender o traje mais adequado para cada tipo de festa.


Olhando as muitas lojas do Bom Retiro são várias opções de vestidos longos, longuetes e curtos; combinações de saia com blusa e belos tailleurs também chamam a atenção. Mas então, em meio a tanta variedade, como escolher? Valem as dicas de quem entende do assunto para estar dentro do padrão de cada evento e arrasar. O esporte fino, por exemplo, é um traje que deve ser usado em eventos um pouco formais, pois é a combinação de uma peça social com uma peça casual, explica Diana Oh Chang, estilista da Coivara. “Este tipo de roupa pode ser usado em almoços entre amigos, família, colegas de trabalho, conferências, e em qualquer evento que exige uma roupa um pouco mais arrumada do que um traje 100% casual” diz ela. Mas, entre o próprio esporte-fino existem variações e é importante se atentar a elas. Brilhos, por exemplo, são mais indicados para o esporte fino noturno, enquanto roupas estampadas caem bem em eventos diurnos. Já para os homens, em eventos noturnos, é aconselhável o uso de gravatas, explica Diana.


Segundo a estilista, decotes e roupas mais provocantes caem melhor à noite, mas essa não é uma regra definitiva. Obviamente é necessário mesclar uma roupa mais sensual, com algo mais conservador para evitar olhares demais em eventos de trabalho, por exemplo. Para compromissos diurnos, Diana recomenda também o chapéu. “É um acessório muito bonito que pode fazer parte do look, dependendo da ocasião. Os acessórios também são super importantes: “Não deve-se esquecer do sapato de couro, de cetim, ou verniz, da bolsa pequena e das jóias, as mais discretas possíveis”, indica.

 

O traje ideal

Talvez a grande dificuldade em escolher a roupa adequada para a festa dos sonhos seja justamente isso: o padrão de social e esporte-fino tem mudado bastante. O jeans, por exemplo, que é um tecido mais casual, entrou no departamento do esporte-fino com tons mais escuros. Entre as tendências do esporte-fino, Diane destaca os conjuntos de blazer com calça ou saia, camisas diferenciadas com babados, recortes, plissados, vestidos com detalhes como barbatanas para lembrar corsets; vestidos estilo militar com faixas e bolsos quadrados; blusas leves com lenços; calças de tecido fosco com leves detalhes de brilho e saias de tecidos finos estilo lápis.


Outra mudança realmente forte é a tendência de vestidos curtos mesmo em eventos sociais como casamentos, formaturas e semelhantes, explica Diane dos Santos Lima, vendedora e auxiliar de estilo da loja Miss Betty. “O vestido curto acaba caindo melhor para mulheres baixas, por exemplo. Com um bom salto alto, o vestido curto alonga a silhueta”, diz. Ela lembra, porém, que nas ocasiões em que o traje é social completo, o ideal é optar pelos longos. No caso de casamentos, madrinhas e demais convidadas de honra devem avaliar a opção preferencialmente, assim como debutantes. “Mas tudo isso está muito mais flexível hoje em dia”, diz. Um dos fatores para se atentar diz Diane, é o tecido do vestido escolhido. “O vestido esporte-fino pode ser de tricoline ou algodão, mas o social completo pede tecidos mais encorpados”, diz.


Diane também indica as cores para quebrar a sobriedade de trajes sociais. “As cores estão muito em alta. Cores fortes como o amarelo, o rosa pink e rosa chiclete estão com tudo, e podem ser interessantes para quem gosta de se destacar. O preto é para quem prefere ficar na segurança do tradicional”, afirma.


Vendedora da loja Shine, Marlene Galdino Ferreira sabe muito bem que as melhores estão buscando se destacar. A loja que é especializada em tamanhos grandes sabe muito bem fugir do preto e entregar opções para as mulheres estarem bem vestidas em eventos do tipo esporte-fino sem necessariamente cair no tradicionalismo. “O importante é a pessoa saber adequar a roupa a cada momento. Um vestido estampado fica casual com uma legging e uma sapatilha. Para um evento mais social, porém, o mesmo vestido fica melhor com uma meia calça, um sapato de salto e deve ser incrementado com acessórios”, diz. Acostumada a atender mulheres que têm dificuldade em se sentirem bem com o próprio corpo, Marlene explica que o fundamental na hora de escolher a roupa é encontrar algo que deixe a pessoa à vontade.


Básica, mas bem vestida

Mas nem todo mundo se interessa pelas novas tendências. Algumas mulheres simplesmente preferem modelos tradicionais, que não saem de moda. Para esse tipo de mulher, um bom conjunto de tailleur pode ser tudo. O simples e chique. É com essa proposta que a loja Ginestra tem mantido a fidelidade de suas clientes. “Eu me sinto muito bem comprando roupa aqui porque sei que sempre estarei na moda, não importa o quanto a moda mude. Os clássicos não saem de moda”, diz Denise Cardoso. E assim, com algumas dicas de especialistas, cada mulher e homem podem buscar se adequar aos requisitos de cada evento sem perder o próprio estilo.

 

Serviço:

Miss Betty

Rua José Paulino, 120 – Bom Retiro
Tel.: (11) 3337-6390 / 3338-2921

Site: missmissbetty.blogspot.com

Coivara
Rua José Paulino, 333 – Bom Retiro
Tel.: (11) 3337-4511
Site: www.coivara.com.br

Shine
Rua José Paulino, 226, loja 74 - Bom Retiro
Tel.: (11) 3221-3920

Ginestra
Rua Silva Pinto, 282 – Bom Retiro
Tel.: (11) 3361-3320
Site: www.lanesi.com.br

Revista on-line

clique aqui e acesse o web site
clique aqui e acesse o web site
clique aqui e acesse o web site
logo

Gabel Comunicações - Todos os direitos reservados 2009 - Desenvolvido por   - Aarão Dantas